ATR

Confira o ATR de Abril 2018.

Saiba Mais..

Açúcar

Saiba sobre a cotação semanal do Açúcar. Atualizado em 13/06/2017

Saiba Mais..

Etanol

Cotação semanal do Álcool Anidro Combustível e Hidratado. Atualizado em 24/11/2017.

Saiba Mais..

Vai criar emprego lá na China!

Petrobras, novamente, passa por cima da política de conteúdo local do governo brasileiro e investe no exterior. Em vez de criar empregos no Brasil, vai criar emprego na China

Não bastasse o setor sucroenergético continuar à míngua, completamente desprezado, este governo está deixando a Petrobras se enroscar ainda mais nos próprios tentáculos. A comprovação da corrupção nos altos escalões políticos e técnicos da empresa não inibe a forma autocrática da empresa em fazer, desfazer ou redirecionar negócios, com bases nem sempre claras.

Leia este artigo (http://www.petronoticias.com.br/archives/56764). Ali, toma-se ciência de que a Petrobras pouco se lixa para desempregos e para a crise de seus fornecedores e subsidiários e contrata a construtora Andrade Gutierrez em valores não divulgados para construir na China módulos de FPSOs (plataformas flutuantes de produção, armazenamento e descarga). Assim, a estatal, novamente, passa por cima da política de conteúdo local do governo brasileiro e investe no exterior. Em vez de criar empregos no País, vai criar emprego lá na China!

Assim, a Petrobras no governo Dilma faz vista grossa às dificuldades locais para vender facilidades extra locais, sabe-se lá a que custo e a que valores em comissões. O dinheiro do contribuinte vai para o ralo, não importa se na refinaria de Pasadena ou na construção de módulos de extração em águas profundas na China, Tampouco importa que ações como essas resultem em demissões ou férias coletivas forçadas de milhares de operários…

Há uma certa similaridade no caso com o setor sucroenergético. Por quatro anos Dilma Rousseff o ignorou e só foi sair em sua defesa depois que Marina Silva garantiu que em seu governo (caso eleita), vai valorizar o setor. O passado recente demonstra que o setor segue desvalorizado pelo atual governo exatamente porque é uma atividade descentralizada e desarticulada, que não permite acesso aos bilhões, como o pré-sal. Agora, em busca dos votos, Dilma, como se acordasse da amnésia, fala que o setor sucroenergético é fundamental para o país e por isso, em seu segundo mandado, se eleita, vai apoiá-lo. Você acredita em alguém que sufoca empresas brasileiras para criar empregos na China? Quem acredita?

Parcerias

Pernambuco Equipamentos de Proteção Individual Ltda