ATR

Confira o ATR de Abril 2018.

Saiba Mais..

Açúcar

Saiba sobre a cotação semanal do Açúcar. Atualizado em 31/07/2018

Saiba Mais..

Etanol

Cotação semanal do Álcool Anidro Combustível e Hidratado. Atualizado em 27/07/2018.

Saiba Mais..

Alterar o espaçamento de plantio é uma mudança radical que exige embasamento

A Usina Clealco vem obtendo ótimos resultados ao buscar um novo padrão de espaçamento. Para o diretor agrícola da empresa, Cassio Manin Paggiaro, buscar nova opção de espaçamento é importante, pois a realidade da lavoura é outra, principalmente pela colheita de cana crua. Inclusive ele tem realizado palestra para discutir principalmente os prós e contras do plantio em espaçamento alternado entrelinhas.
“Migrar do espaçamento simples para outro tipo é uma mudança radical e existe ainda muita insegurança, por isso tem surgido grande discussão sobre isso no setor”, diz Cassio.
O diretor da Clealco afirma que a decisão da mudança tem que ser bem embasada. “Hoje temos muito mais dados do que tínhamos em 2008, quando se começou a discutir no Brasil sobre a viabilidade de um novo espaçamento entre as linhas de cana em relação ao que era utilizado até então. Atualmente temos mais dados confiáveis para se tomar uma decisão. Mas, de fato, optar pela mudança não é simples”, ressalta.
No entanto, é cada vez mais importante que os produtores analisem o assunto, pois a realidade da cultura canavieira não é mais a mesma de alguns anos atrás. “Com a eliminação da queima, hoje temos mais corte de cana crua, colheita com uso de GPS, necessidade de se minimizar o pisoteio, desenvolvimento de técnicas para o recolhimento da palha. Por isso, uma nova opção de espaçamento vem da necessidade.”
Na Clealco, a colheita já é 100% mecanizada e o plantio atingiu 90%. Na usina, se tem utilizado mais o espaçamento 0,90 x 1,50. “Assim, conseguimos um controle de tráfego mais eficiente, uma colheita mecanizada mais barata, além de um ganho de produtividade em relação ao espaçamento simples.”
Quanto a pontos negativos, ele frisa que é necessário mudar a estrutura da empresa, investindo em equipamentos diferentes. “É preciso fazer a substituição gradativa destes equipamentos.”
De qualquer forma, Cassio destaca que o produtor tem que estudar aprofundadamente o assunto antes de tomar qualquer decisão de mudança.


Fonte: Canaonline

Parcerias

Pernambuco Equipamentos de Proteção Individual Ltda