ATR

Confira o ATR de Abril 2018.

Saiba Mais..

Açúcar

Saiba sobre a cotação semanal do Açúcar. Atualizado em 13/06/2017

Saiba Mais..

Etanol

Cotação semanal do Álcool Anidro Combustível e Hidratado. Atualizado em 24/11/2017.

Saiba Mais..

UNICA parabeniza Arnaldo Jardim pela homenagem em evento do setor


Mais uma vez, um dos mais atuantes interlocutores entre o setor produtivo e o Governo, o deputado Estadual licenciado e atual secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Calil Pereira Jardim, teve o seu trabalho reconhecido pelo segmento canavieiro. Articulador de políticas importantes para a cadeia sucroenergética nacional, Jardim foi homenageado nesta quarta-feira (23/03), em Brasília, com uma placa entregue pela Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana). Na ocasião, também foi realizada a cerimônia de posse da nova direção da entidade, a maior representante associativa dos produtores independentes de cana do Nordeste e do Centro-Sul do Brasil.
Para a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), representada no evento pelo seu diretor Executivo, Eduardo Leão de Sousa, a homenagem reforça a imagem do secretário como um dos maiores defensores do agronegócio brasileiro, uma das poucas áreas da economia responsáveis pela salvação do PIB nos últimos anos. “O Arnaldo possui um enorme conhecimento a respeito das dificuldades vividas pela agricultura brasileira, especialmente em relação à indústria da cana. Ele ajudou a encaminhar medidas que trouxeram competitividade ao etanol. A questão da mistura é um exemplo mais recente. Seu discurso sempre esteve alinhado com o setor”, afirma o diretor Técnico da UNICA, Antonio de Padua Rodrigues.
Afastado temporariamente da Câmara dos Deputados para comandar a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do governo paulista, Arnaldo Jardim foi um hábil negociador no processo de aprovação da mudança na mistura de etanol anidro à gasolina, que em março de 2015 foi elevada de 25% para 27%. Foi decisivo como relator da proposta que inseriu o etanol na Lei do Petróleo em 2011, fazendo com que o biocombustível de cana passasse a ser considerado um produto energético, não mais agrícola. Também marca presença constante em debates sobre a regulamentação da bioeletricidade obtida do bagaço e da palha da cana-de-açúcar.
Sob nova direção
Após a cerimônia homenagem ao secretário, os convidados que compareceram ao evento também prestigiaram a posse da nova diretoria da Feplana, com destaque para a presença de ministros Armando Monteiro e José Múcio. Além do presidente Alexandre Andrade Lima, o corpo diretivo será formado pelos seguintes executivos: Edison José Ustulin (AFIDB/SP) como 2° vice-presidente; Luis Henrique Scabello de Oliveira (Canasol/SP) como 1° secretário; Luiz Eduardo Crespo (Asflucan/RJ) como 2° secretário; Murilo Correia Paraíso (Asplan/PB) como 1° tesoureiro; e Luis Carlos Orsi (AFCRC/SP) como 2° tesoureiro.
O Conselho Fiscal tem entre seus membros efetivos: Aparecido Ailton Passoni (Novocana/SP), Edgar Lehay Antunes (Asplana/AL) e Renato Lima Ribeiro (Asplan/RN). Atualmente, a Feplana, criada em 1941, representa 70 mil produtores de cana do Nordeste e do Centro-Sul do Brasil por meio de 31 associações em 13 estados.


Fonte: UNICA

Parcerias

Pernambuco Equipamentos de Proteção Individual Ltda