ATR

Confira o ATR de Abril 2018.

Saiba Mais..

Açúcar

Saiba sobre a cotação semanal do Açúcar. Atualizado em 13/06/2017

Saiba Mais..

Etanol

Cotação semanal do Álcool Anidro Combustível e Hidratado. Atualizado em 24/11/2017.

Saiba Mais..

Preços do açúcar atingem melhores níveis dos últimos 40 anos no Brasil

O ano de 2016 foi peculiar para o setor sucroenergético, segundo Guilherme Nastari, diretor da Datagro. A safra teve muita umidade no começo em decorrência do El Niño e depois sofreu com ventos extremos, o que gerou um canavial irregular e uma quebra de safra, que é reflexo dos preços altos observados no mercado.
Ele também aponta que o ano consolidou o ciclo de déficit do açúcar, com aumento de preço no mercado internacional e interno. "Se converter o preço internacional em reais é o nível recorde dos últimos 40 anos de açúcar", aponta. No entanto, grande parte da safra foi fixada na safra anterior, logo, a fixação média ficou abaixo, mesmo com os preços mais altos.
Os preços mais altos foram acessados pelo produtor de cana, pois açúcar e etanol possuem o desafio de fixar na safra anterior. Neste momento, a Datagro estima que 65% da safra já está fixada a 18,19 cents de dólar, um valor maior do que na safra anterior.


O mercado mundial também aguarda pelo plantio de beterraba que, dependendo da intensidade, pode trazer um movimento para os preços. O incentivo da União Europeia para expandir a área de beterraba também pode fazer com que 2017 seja o último ano de déficit mundial.
O etanol, por sua vez, tem sua curva de preços buscando o preço de açúcar, que foi o custo de oportunidade da safra. O mês de setembro foi recorde de venda em etanol, mesmo com preços altos.
Nastari lembra ainda que a crise sobre as usinas ainda paira, já que estas estão no nível mais alto de endividamento da história. Os preços bons fizeram com que gerasse uma recuperação, mas o setor ainda está alavancado. "Precisa ter uma estratégia de busca de eficiência", diz. Por outro lado, as usinas também aguardam para que o preço viabilize a instalação de produção de energia a partir da palhada de cana.
Em relação ao Governo Federal, Nastari acrredita que a expectativa melhorou, embora ainda haja um desafio grande e reformas a serem feitas. Para ele, a infraestrutura é a questão mais crítica do Brasil, que faz o país perder muito em competitividade. No entanto, a Datagro está otimista para 2017.
Para os produtores de cana, os preços altos devem terminar. Ele aconselha que este é um momento importante para fixar, aproveitar preço e acompanhar de perto os movimentos de outras origens para ver o quanto uma nova unidade de açúcar pode impactar nos preços do Brasil.



Fonte: Notícias Agrícolas

Parcerias

Pernambuco Equipamentos de Proteção Individual Ltda