ATR

Confira o ATR de Abril 2018.

Saiba Mais..

Açúcar

Saiba sobre a cotação semanal do Açúcar. Atualizado em 31/07/2018

Saiba Mais..

Etanol

Cotação semanal do Álcool Anidro Combustível e Hidratado. Atualizado em 27/07/2018.

Saiba Mais..

Preços dos combustíveis sobem em várias cidades do dia para a noite

O Bom Dia Brasil mostrou na semana passada a promoção nos preços da gasolina e do álcool em várias cidades do país. Mas a alegria durou pouco e os postos reajustaram os valores do dia para a noite.
Álcool e gasolina em promoção! Bom demais para durar muito. "Deu para aproveitar. Só que agora acabou, aumentou né?", diz o empresário Odair Marcelino.
Em Goiânia, os 102 postos de combustíveis aumentaram os preços na última semana. O litro da gasolina passou de R$ 2,93 para R$ 3,59. O álcool, então, ficou 50% mais caro: de R$ 1,72 para R$ 2,59.
"Você vem para abastecer uma quantidade de combustível, você chega aqui seu dinheiro não dá para colocar nem a metade do que você pensou", reclama um motorista.
O Ministério Público abriu inquérito para investigar se houve cartel. O Procon também fez um levantamento dos novos valores e constatou: teve sim alinhamento de preços em 72% dos postos. O órgão de defesa do consumidor já decidiu que vai entrar com uma ação na Justiça pedindo que o retorno dos preços de uma semana atrás. "Nem o preço mais baixo está bom, né, na verdade”, diz uma motorista.
Em Mato Grosso, os motoristas também foram surpreendidos há duas semanas com aumento de 15 centavos no preço da gasolina e de 10 centavos valor do álcool.
Em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, que teve um dos preços de combustíveis mais baixos do Brasil, o álcool subiu 50 centavos de um dia para o outro. Passou de R$1,49 para R$ 1,99 o litro. A gasolina não ficou atrás. Na promoção, o litro custava R$ 2,94 centavos. Agora: R$ 3,29.
"Esse milagre não acontece direto, né, mas dá para ver que é possível, né, se quisesse fazer esse preço é possível", diz um homem.
Toda essa loucura nos preços foi só nos postos de combustíveis, porque nas usinas nada mudou. Com a safra de cana de açúcar a todo o vapor, o preço do álcool praticamente não oscilou.
"Foi até engraçado que esse mês foi muito estável o preço do etanol. Surpreendeu até a gente, quando a gente viu essa promoção a gente até estranhou", relata Antônio Eduardo Tonielo Filho, diretor de usina.
Para o economista da USP, Edgard Monforte Merlo, tudo não passou de uma falha de mercado: “Teria que ter uma atuação do governo monitorando possíveis falhas que podem acontecer em ambientes que não tem um número de agentes, de postos, tão grande que estimule a competição", explica.
O sindicato que representa os postos de São Paulo tenta explicar o aumento dos preços.
"A gente não pode trabalhar numa esquina, em um negócio que envolve tanto dinheiro e não ter seu lucro ideal", diz o presidente regional do Sincopetro, Oswaldo Nunes Manaia Junior.
"O consumidor sempre paga a conta. Quem ainda tem uma outra condução para usar ainda vai, e quem não tem?", questiona o comerciante Helder Fernandes Câmara.

Parcerias

Pernambuco Equipamentos de Proteção Individual Ltda