ATR

Confira o ATR de Abril 2018.

Saiba Mais..

Açúcar

Saiba sobre a cotação semanal do Açúcar. Atualizado em 13/06/2017

Saiba Mais..

Etanol

Cotação semanal do Álcool Anidro Combustível e Hidratado. Atualizado em 24/11/2017.

Saiba Mais..

Credores aprovam recuperação da Renuka do Brasil

Os credores da Renuka do Brasil, que é dona de duas usinas sucroalcooleiras no Estado de São Paulo, aprovaram na última quinta-feira (25) o plano de recuperação judicial da empresa. Controlada pela companhia indiana Shree Renuka Sugars, a Renuka do Brasil tem uma dívida de aproximadamente R$ 2 bilhões.
Com a aprovação dos credores, o plano de recuperação judicial agora precisa ser homologado pela Justiça. Em geral, a homologação de processos desse tipo demora entre 20 dias e 30 dias.
O plano foi aprovado por mais de 75% dos credores da Renuka. Entre os tipos de credores, apenas os da classe 2 (que inclui os bancos) não aprovaram o plano, mas o percentual de aceitação ficou acima de um terço, o que permitiu a utilização do mecanismo de "cram down", que prevê a aprovação do plano mesmo sem o aval de uma das classes.
Pelos termos do plano aprovado, a Renuka do Brasil leiloará a Usina Madhu, localizada em Promissão. A expectativa é que o leilão aconteça entre 90 dias e 120 dias.
Se a venda da usina for insuficiente para quitar 30% das dívidas, a Renuka terá de leiloar a Usina Revati, que fica em Brejo Alegre, ou pagar em dinheiro o montante para atingir os 30%.
O escritório Dias Carneiro, Flores, Sanches, Turkienicz, Amendola, Waisberg e Thomaz Bastos representou a Renuka do Brasil no processo de recuperação judicial.
Em julho, a Renuka Vale do Ivaí, braço do grupo indiano que tem duas usinas no Estado do Paraná, teve seu plano de recuperação homologado pela Justiça. A Renuka Vale do Ivaí tem dívidas de mais de R$ 700 milhões.


Fonte: Valor Econômico

Parcerias

Pernambuco Equipamentos de Proteção Individual Ltda