ATR

Confira o ATR de Abril 2018.

Saiba Mais..

Açúcar

Saiba sobre a cotação semanal do Açúcar. Atualizado em 31/07/2018

Saiba Mais..

Etanol

Cotação semanal do Álcool Anidro Combustível e Hidratado. Atualizado em 27/07/2018.

Saiba Mais..

ATR SP: VALOR ACUMULADO CAI 0,12% EM MAIO

O Conselho dos Produtores de Cana-de-açúcar, Açúcar e Álcool do Estado de São Paulo (Consecana-SP) divulgou os dados do ATR (Açúcares Totais Recuperáveis) referente ao mês de maio de 2018. Os preços do valor acumulado foram firmados em R$ 0,5664 o quilo, contra R$ 0,5671, desvalorização de 0,12%.

O valor do ATR mensal fechou em R$ 0,5646, contra R$ 0,5671 do preço do início da safra em abril, retração de 0,44%. Os contratos de parceria baseados no índice de cana campo foram cotados, em maio, em R$ 61,85 a tonelada. Já a cana esteira fechou o mês em R$ 69,08 a tonelada.

Por Camila Lemos


Fonte: Agência UDOP de Notícias

RENOVABIO É ESPERANÇA PARA O SETOR SUCROENERGÉTICO

Após uma década em crise, o setor sucroalcooleiro sofre com o sucateamento das usinas e a estagnação da produção de cana-de-açúcar, apesar do bom momento para o mercado de etanol. Uma das razões para a crise do setor, que teve fechamento de dezenas de usinas, foi o subsídio para a gasolina no governo Dilma, segundo especialistas.

Nos últimos meses, a alta do preço da gasolina deu um alívio ao setor, com mais procura pelo etanol. Isso aconteceu porque ficou mais em conta para o consumidor. Sempre que o litro fica abaixo de 70% do preço da gasolina, vale a pena encher o tanque com o combustível feito de cana.

Entretanto, a maioria das usinas continua com dívidas elevadas e sem recursos para investir em equipamentos ou na renovação dos canaviais. O resultado será uma queda de cerca de 10% no volume de cana processada na próxima safra (2018/19) em relação à atual (2017/18), que foi de 640 milhões de toneladas no país.

A luz no fim do túnel para o setor é o RenovaBio, programa do governo federal que pretende ampliar a participação de biocombustíveis na matriz energética brasileira até 2030. Em processo de regulamentação, o programa só deverá entrar em vigor em 2020.

Parcerias

Pernambuco Equipamentos de Proteção Individual Ltda