ATR

Confira o ATR de Agosto de 2020.

Saiba Mais..

Açúcar

Saiba sobre a cotação semanal do Açúcar. Atualizado em Fevereiro/2020

Saiba Mais..

Etanol

Cotação semanal do Álcool Anidro Combustível e Hidratado. Atualizado em Fevereiro/2020.

Saiba Mais..

USINA SÃO JOÃO INICIA PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

Com mais de 75 anos de atuação no mercado brasileiro de açúcar, etanol e energia elétrica, a Usina São João é também uma das pioneiras do agronegócio a iniciar sua jornada de transformação digital. Desde 2017 a usina vem colocando em prática o projeto Aprimora+ Digital, com o objetivo de aumentar a produtividade e reduzir custos.

Previsto para ser realizado em três ondas, o projeto contou com o suporte da T-Systems Brasil na implementação da primeira onda.

O especialista em TI da Usina São João, Fabrício Liani, explica que o Aprimora+ Digital foi fruto de um pré-projeto, realizado com a assessoria da KPMG, que definiu um roadmap de melhorias para a companhia.

"Dentro deste projeto, ficou definido que a área de TI passaria por três ondas de melhorias", diz. Chamada Onda Emergencial de Prioridades, a primeira onda previa a modernização da infraestrutura da usina. Na onda seguinte seriam habilitadas funções de negócios, mobilidade e BI (Business Intelligence) e, na terceira, estava previsto um período de estabilização.

USINAS INDIANAS QUEREM PRODUZIR ETANOL DIRETO DO AÇÚCAR A FIM DE NEUTRALIZAREM ESTOQUES

Os sinais de que o modelo indiano de subsídios à produção de cana, de açúcar e às exportações estão se esgotando, com os produtores ainda não alcançando receita suficiente, pode ser o direcionamento para a produção de etanol. Agora, as próprias usinas solicitam ao governo autorização para as empresas petroleiras comprarem o biocombustível produzido do açúcar e subtrair estoques do alimento.

Ao contrário do etanol de cana produzido pela fermentação, o etanol feito a partir do açúcar acabado -- depois de dissolvido em água e transformado em xarope -- necessita de regulamentação pelo Ministério do Petróleo da Índia. E o Ministério da Alimentação já teria adiantado solicitação de avaliação, a fim de desviar os estoques do adoçante que tiram a liquidez dos mercados externos e internos.

A informação desta quarta (28), do portal indiano Sugar News, apresenta o caso do estado de Maharashtra, de onde partiu o pleito das usinas. Até o final de setembro, estima-se um estoque de 5 milhões de toneladas, mais que o dobro do consumo atual e cujo excedente não tem suporte em preços com o atual estágio dos futuros em Nova York (11.37 c/lp o outubro hoje).

Parcerias

Pernambuco Equipamentos de Proteção Individual Ltda