ATR

Confira o ATR de Janeiro 2018.

Saiba Mais..

Açúcar

Saiba sobre a cotação semanal do Açúcar. Atualizado em 13/06/2017

Saiba Mais..

Etanol

Cotação semanal do Álcool Anidro Combustível e Hidratado. Atualizado em 24/11/2017.

Saiba Mais..

CHUVAS RETORNAM AOS CANAVIAIS DO CENTRO-SUL

Após um cenário seco na primeira quinzena de março, uma frente fria trouxe chuvas para os canaviais da Região Centro-Sul. Até 15 de março, choveu 67,9 mm em média, o que corresponde a 57,4% ao normal de 30 anos. As informações são da DATAGRO Consultoria.

Até o momento, Goiás foi o estado do Centro-Sul que registrou o maior volume de chuvas, com 120,4 mm, seguido por Mato Grosso do Sul com 87,0 mm e Paraná, com 62,2mm.

Segundo a DATAGRO, mais chuvas são esperadas para a próxima semana. Deve chover, em média, 32,0 mm na região. As chuvas devem ficar concentradas no Paraná e em São Paulo. Já para a semana seguinte (até 28 de março), o clima deve voltar a ficar seco em toda a região, exceto em Mato Grosso e o centro-norte de Goiás.

Essa chuva deve melhorar o cenário quer era projetado no começo do mês, aliviando as perdas esperadas no desenvolvimento da safra 2018/19.


Fonte: Datagro

UMIDADE DO SOLO FAVORECE A CANA DE AÇÚCAR


Nesta terça-feira (20), a presença de áreas de instabilidade sobre a Região Sul e Norte do país mantém o tempo instável e com possibilidade para pancadas de chuva em quase todo o Brasil .

Pelas imagens de satélite é possível observar que já há registros de chuva, que podem continuar durante todo o dia , sobre alguns municípios da faixa oeste do Mato Grosso, norte de Goiás, no Rio Grande do Sul, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

A tendência é que essas áreas de instabilidade continuem a provocar chuva também sobre as regiões produtoras de Santa Catarina, Paraná e faixa leste de São Paulo. Ainda pode chover no Mato Grosso do Sul.

A tendência para toda semana, é de chuvas sempre na forma de pancadas irregulares, mas diárias e em bons volumes. O solo irá se manter com altos níveis de umidade, o que ajudará no desenvolvimento das lavouras de milho, algodão, feijão, café e da cana de açúcar.

Além disso, como essas chuvas virão apenas na forma de pancadas, a colheita de soja não deve ser prejudicada.

Argentina
Não há previsão de chuva nesta terça (20), para as áreas produtoras da Argentina. No entanto, a previsão indica chuvas generalizadas sobre grande parte do País entre a sexta e o domingo algo muito semelhante ao que ocorreu neste último final de semana.

A partir de último final de semana, ocorrerá, pelo menos uma vez por semana, uma boa chuva sobre as áreas produtoras da Argentina o que vai acabar com as perdas dentro do campo. Mas é bem provável que mesmo com o retorno das chuvas, algumas áreas não consigam recuperar a produtividade .

Tendência internacional
Os olhos que antes estavam voltados para a América do Sul, agora com a chegada da primavera no hemisfério norte, se voltam para o plantio de grãos nos Estados Unidos. O plantio de milho, por exemplo, deverá começar em uma a duas semanas. A tendência é que os Estados unidos tenham novamente uma boa safra de soja e de milho .


Fonte: Climatempo

Parcerias

Pernambuco Equipamentos de Proteção Individual Ltda